Complexo "Serviços & Utilidades"

Pantanal sul-mato-grossense

Pantanal sul-mato-grossense, uma das maiores planícies de sedimentação do mundo, ocupa grande parte do Estado de Mato Grosso do Sul - aproximadamente 140 mil km2, se estendendo por países vizinhos tais como; Argentina, Bolívia e Paraguai.

A planície inundável, com leves ondulações, pontilhadas por morros isolados e ricos em depressões rasas, tem seus limites demarcados por variados sistemas de elevações como chapadas, serras, e cortada por grande quantidade de rios, todos pertencentes à Bacia do Paraguai.

Na região pantaneira, a paisagem altera-se profundamente nas duas estações bem definidas do ano: a seca e a chuvosa.

Durante a seca, nos campos extensos cobertos predominantemente por gramíneas e vegetação de cerrado, a água chega a escassear, se restringindo aos rios perenes de leitos definidos, às lagoas próximas a esses rios e a alguns banhados em áreas mais rebaixadas da planície.

De novembro a março, o Pantanal vive o período das cheias. A vegetação muda segundo o tipo de solo e de inundação, predominando espécies de cerrado nas terras arenosas - conhecido como Pantanal Alto - e gramíneas nas terras argilosas, do Pantanal Baixo.

De novembro a março, o Pantanal vive o período das cheias. A vegetação muda segundo o tipo de solo e de inundação, predominando espécies de cerrado nas terras arenosas (conhecido como Pantanal Alto),  e gramíneas nas terras argilosas ( Pantanal Baixo).

Com as cheias, as depressões são inundadas, formando extensos lagos, reconhecidos como Baías, de extrema beleza (principalmente se forem alcalinas), apresentando diferentes cores em suas águas, de acordo com as algas que se desenvolvem e criam matizes de verde, amarelo, azul, vermelho ou preto. Com a subida das águas, volumosa quantidade de matéria orgânica é carregada pela correnteza a grandes distâncias. Durante a vazante, esses detritos são depositados nas margens e praias de rios, lagoas e banhados, passando a se constituir em elementos fertilizantes do solo. 

Este verdadeiro patrimônio ecológico, habitado por incontáveis espécies de mamíferos, répteis, aves e peixes.

Uma vegetação exuberante, traduzida em movimento de formas, cores e sons.

O mais belo espetáculo da Terra!

Clima

O clima é tipo quente no verão, com temperatura média em torno de 32°C e frio e seco no inverno, com média em torno de 21°C, ocorrendo ocasionalmente, geadas nos meses de julho e agosto. A união de fatores tais como o relevo, o clima e o regime hidrográfico da região favoreceram o desenvolvimento de numerosas espécies animais e vegetais que povoam abundantemente toda sua extensão.

O Pantanal Sul pode ser visitado durante qualquer época do ano.

A alternância das águas - nas cheias ou na seca - proporciona cenários indescritíveis que sofrem significativas mutantes. O encanto da paisagem faz explodir a emoção, principalmente ao amanhecer e ao entardecer, quando todo o Pantanal se transforma em sons e cores.

Venha para o Pantanal de MS - Se hospede em nosso Complexo.

Descubra e participe da aventura de encontrar em seu habitat natural; jacarés, sucuris, emas, araras-azuis, capivaras, veados, tamanduás, além de centenas de pássaros que elegeram a região como um dos três mais importantes locais do mundo para suas rotas migratórias.